Blog de Email Marketing

Boas Práticas

Minimize erros de grafia do email no momento do cadastro com o Mailcheck

Juliana Padron Por Juliana Padron em 26.03.2012

Um dos grandes vilões do email marketing é o hard bounce, ou erro permanente na entrega da mensagem a um endereço de email. A conta não existe mais ou, pior, está escrita de forma incorreta. E por que isso é ainda pior do que uma conta que não existe mais? Ora, porque é um destinatário que ainda existe e que, muito provavelmente, está esperando por seus emails que não chegam!

Visando aumentar mais rapidamente sua lista de contatos, pessoas e empresas adotam qualquer método de cadastro: desde o formulário básico de um único campo no website até o cadastro por telefone, onde um atendente de telemarketing anota o email soletrado pela pessoa do outro lado da linha.

Já imaginou o quanto essas situações favorecem a poluição de seu mailing com emails inválidos? Por telefone, você precisa contar que o usuário irá soletrar corretamente o seu email, que o profissional do telemarketing irá compreendê-lo corretamente e que, ainda, irá digitar o endereço corretamente no sistema. Pela internet, um formulário sem confirmação double opt-in dá margem a cadastros indevidos de terceiros e também aos erros de digitação.

Bem, enquanto lidamos com humanos, falhas sempre acontecerão, mas é possível, ao menos, minimizá-las. Ambas as situações apresentadas são passíveis de correção.

Em cadastros realizados por telefone, é altamente recomendável enviar uma mensagem de confirmação ao endereço fornecido pelo usuário e só cadastrar o email na lista de contatos “definitiva” quando o usuário clicar no link de confirmação da mensagem, como no processo double opt-in usado em cadastros via web.

E, nesses cadastros via website, antes do processo de double opt-in, é possível implementar um recurso no formulário que evita os erros mais comuns de grafia em endereços de email, o Mailcheck.

O Mailcheck é um plugin (open source) em jQuery que sugere um domínio correto quando seus usuários digitam um endereço de email incorreto. Assim, se alguém digitar “usuario@hotamil.com” no campo de email do seu formulário de cadastro, o Mailcheck vai sugerir “usuario@hotmail.com”.

Minimize erros de grafia do email no momento do cadastro com o Mailcheck

Com o Mailcheck, os desenvolvedores da Kicksend afirmam ter reduzido em 50% o número de erros na entrega de seus emails.

O plugin conta com uma biblioteca pré-cadastrada de erros de domínio, mas é recomendado que você cadastre os seus próprios com base em sua realidade. Por exemplo, no Brasil, nós precisamos também considerar os emails do BOL, UOL e R7, pois é muito comum os usuários dessas contas preencherem seus emails como “usuario@uol.com” ou “usuario@r7.com.br”, enquanto o correto seria usuario@uol.com.br e usuario@r7.com.

Além de usar o Mailcheck em seu formulário de cadastro, comece já um trabalho de higienização em seu mailing buscando por endereços do tipo @hotnail.com, @hotamil.com, @hormail.com, @gamil.com, @gmail.com.br e outros. Se você os encontrar, pense em todas as mensagens você já deixou de entregar a essas pessoas por um simples problema de verificação.

Tomara que você passe a ver sua lista de contatos com outros olhos!

Assine Nossa Newsletter


Por favor informe um endereço de email válido.

Acompanhe Nossas Publicações