Blog de Email Marketing

Boas Práticas

Tipos de erros retornados após o envio do email marketing

Pedro Padron Por Pedro Padron em 10.12.2015

A taxa de erros é o primeiro reflexo da qualidade da lista de contatos. Muitos erros indicam que a lista não é higienizada regularmente, é antiga e desatualizada, não é construída pelo processo de double opt-in ou foi obtida através de terceiros (possivelmente, de spammers).

Os servidores de email monitoram as quantidades e os tipos de erros de entrega para identificar comportamentos suspeitos dos remetentes. Os erros de entrega de um email marketing, também chamados de bounces, se dividem em erros temporários (soft bounces) e erros permanentes (hard bounces).

Erros Temporários ou Soft Bounces

Um erro temporário ocorre por uma indisponibilidade momentânea do endereço de email receber a mensagem, quer seja por problemas temporários com o servidor de emails ou pelo fato da caixa de emails do destinatário estar cheia.

Isso quer dizer que, apenas neste primeiro momento, não foi possível entregar a mensagem ao destinatário, mas no próximo envio o problema já pode ter sido resolvido e o destinatário volta a receber mensagens novamente.

Erros Permanentes ou Hard Bounces

Um erro permanente é retornado quando o endereço de email destinatário não existe mais ou nunca existiu. O ideal, nas plataformas de envio (como na da Templateria), é que quando esse tipo de erro for retornado, ele seja automaticamente classificado como um email errado, e na próxima campanha que você enviar para a lista à qual ele pertence, ele não será incluído como destinatário porque já se sabe que aquele endereço contém um erro. Dessa forma, você não precisa remover, manualmente de suas listas, os contatos que apresentaram erro em uma campanha.

Porém, há plataformas de envio no mercado que não fazem essa remoção automática dos erros, o que prejudica tanto o remetente da campanha quanto a própria plataforma. Insistir no envio de mensagens para endereços inválidos demonstra para os servidores de email que você, como remetente, não faz uma manutenção adequada em sua lista de contatos. Isso faz com que sua reputação seja prejudicada perante os servidores de envio, que classificarão seu email e os IPs da plataforma como spammers.

Segundo a Return Path, a cada campanha, é aceitável ter até 2% de erros referentes a usuários desconhecidos. Resultados maiores que isso já começam a afetar sua reputação como remetente. Por isso, fique de olho em cada relatório de envio para monitorar os erros de entrega.

Se você já tem um histórico como remetente de email marketing e nota que vem tendo problemas de entrega de seus emails, cheque em seus relatórios de envios anteriores se suas taxas de erros estão muito acima de 2%.

Em listas próprias (que não foram adquiridas de terceiros), a causa mais comum de erros permanentes são os erros de digitação dos usuários no momento do cadastro. Para prevenir isso, trabalhe com o método double opt-in em seus formulários de cadastro ou use um recurso de validação como o Mailcheck.

Tentativas de entrega

Antes da plataforma de envios registrar um erro — temporário ou permanente — no relatório da campanha, ela faz um certo número de tentativas de entrega da mensagem no servidor de destino.

O número de tentativas varia de acordo com cada tipo de problema que a plataforma encontra na primeira entrega. Por exemplo, se na primeira tentativa de entrega de uma mensagem a um destinatário o seu servidor de emails retorna um erro porque o endereço de email não existe, não haverá outra tentativa de entrega porque o problema não será resolvido na próxima vez, mas se for um erro temporário, como uma indisponibilidade momentânea do servidor, a plataforma tenta outras vezes (até o seu limite de tentativas) entregar a mensagem.

Motivos dos erros

Geralmente, as plataformas de envio de email marketing trazem o relatório de erros de entrega das mensagens classificando-os como erros temporários e erros permanentes, apresentando o motivo do erro que foi retornado pelo servidor.

Nessa lista de motivos de erros, a plataforma apresenta uma informação um pouco mais detalhada sobre o porquê a mensagem não pôde ser entregue, mas para isso, o servidor de emails do destinatário precisa informar para a plataforma o código do erro que ele identificou.

Como nem todos os servidores de emails retornam esses códigos, é comum que o relatório de erros da plataforma de envios apresente alguns motivos do tipo “erro desconhecido”. Isso é porque o servidor que recebeu aquele email não informou o motivo do erro de entrega.

Agora que você já conhece mais sobre os tipos de erros do email marketing, pode verificar seu histórico de campanhas e checar como estão suas taxas de erros totais, temporários e permanentes e ver se elas podem ter prejudicado sua reputação como remetente.

Uma vez detectado problemas, tome as medidas necessárias para corrigi-los e voltar a ter uma boa reputação.

Assine Nossa Newsletter



Por favor informe um endereço de email válido.

Acompanhe Nossas Publicações