Blog de Email Marketing

Conteúdo

Cinemagrafia e animações que valorizam o email marketing

Juliana Padron Por Juliana Padron em 22.03.2016

Se seu site ou e-mail marketing ainda usa aquelas clássicas imagens stock, apenas pare. Vivemos uma época em que o realismo, a honestidade e a simplicidade falam mais alto do que a vontade – ou a falsa necessidade – de parecer uma gigante enterprise com aqueles moços engravatados e moças de tailleur sorrindo para câmera à volta de uma grande mesa de reunião. Todos de braços cruzados, geralmente brancos e loiros, com uma grande janela de vidro ao fundo, é claro.

Existem muitos sites com imagens de excelente qualidade gráfica e criativa que fogem desse padrão chato e irreal, exploram diferentes luminosidades, flagram detalhes interessantes e, com isso, têm uma aparência menos séptica e mais natural, dando aquela impressão de captura de um momento espontâneo com pessoas de verdade.

Cinemagrafia

Essas imagens, agora, ganham ainda mais vida com a chamada cinemagrafia. Ao capturar um momento, faz-se um pequeno vídeo dele, em vez de uma foto, e na edição (que pode ser no Photoshop ou em aplicativo específico, como o Cinemagr.am) escolhem-se as partes que permanecerão com movimento e a que ficará estática.

Assim, podemos ter uma foto de pessoas em que apenas alguns de seus fios de cabelos se movimentam, a foto de uma praia com um riacho ao lado em que só há um leve movimento de água corrente e o mar estático, uma paisagem noturna com algumas luzes piscando e assim por diante. A criatividade define o resultado, mas o fundamental da cinemagrafia é que apenas uma parte da foto tenha movimento.

Essa tendência pode ser confirmada com o recurso Live Photos introduzido pela Apple no iPhone 6s. Com o Live Photos, a câmera do iPhone registra um pequeno vídeo com instantes anteriores e posteriores ao clique, e além de ver a foto, com mais um toque você visualiza o mini-vídeo daquele momento registrado.

Editando esse vídeo do Live Photo, dá pra criar uma máscara nos locais que permanecerão com movimento e definir os locais estáticos. Manipulando-se adequadamente os quadros, dá pra criar um loop infinito e gerar um MP4 para colocar no site e uma animação em GIF para ser usada no email marketing.

Tente produzir suas próprias cinemagrafias para conferir mais personalidade às suas comunicações digitais, mas se não for possível, existem sites de bancos de imagens que já vendem cinematografias prontas*, como o Shutterstock. Veja alguns exemplos:

giphy3
giphy1
giphy2

*Após a compra do arquivo, será preciso utilizar um software editor de vídeo para convertê-lo em GIF animado ou o site Giphy, que gera o GIF animado com menos qualidade. Recomenda-se usar os primeiros 37 frames do vídeo para obter um arquivo GIF com menos de 500kb. Ao converter o vídeo em GIF animado, não haverá um player para iniciar ou controlar a animação, que será exibida incessantemente. Para facilitar seu trabalho de edição de uma cinegrafia, conheça também o software Flixel.

Vídeos curtos transformados em GIF animado

Com o próprio celular, você também pode fazer algo simples e com mais movimento usando os apps Boomerang (animação em loop infinito) e Hyperlapse (vídeos acelerados) do Instagram, disponíveis para iOS e Android. Eles capturam, em vídeo, a cena que você quiser e geram um arquivo MOV.

Depois, com a ajuda de um editor de vídeo ou qualquer software que possa fazer conversão de formatos, salve o arquivo MOV em GIF animado. Apenas observe o tamanho final (kb) para não deixar seu email marketing muito pesado.

Agora, pegue o celular e divirta-se!

Assine Nossa Newsletter


Por favor informe um endereço de email válido.

Acompanhe Nossas Publicações