Blog de Email Marketing

Conteúdo

A importância do email marketing para os games online

Juliana Padron Por Juliana Padron em 16.07.2014

Como bem se sabe, o Email Marketing é principalmente usado para promover notícias, ofertas de produtos e informações transacionais. Mas outro exemplo de sua aplicação ainda no âmbito do relacionamento com os contatos está nos jogos online, que se valem das comunicações por email para manter os jogadores engajados.

O público jovem é o alvo principal dos jogos online, mas é difícil conhecer alguém que não tenha jogado ou que nunca tenha ouvido falar, por exemplo, do Farmville, disponível dentro do Facebook. Aliás, a Zynga, criadora do Farmville, mantém diversos outros jogos dentro da rede social, como Mafia Wars, CityVille, Zynga Poker e muitos outros que, juntos, chegaram a mais de um milhão de jogadores pelo mundo.

Além das notificações ao usuário exibidas dentro do próprio jogo, a Zynga as envia por email aos jogadores numa tentativa de mantê-los engajados e informados sobre sua conta, visto que nem sempre o jogador pode acessar seu jogo e conferir as notificações por lá – como em horário de trabalho, por exemplo. O email, como um ambiente de constante acesso das pessoas, torna-se uma importante ferramenta de relacionamento entre jogo e jogador.

O Brasil conta com importantes indústrias de games online, num negócio que atinge dezenas de milhões de jogadores. Segundo pesquisa do Ibope Target Group Index (2011), do universo de 35.1 milhões de internautas, jogar on line é um hábito praticado por 54% e os jogos em redes sociais são praticados por 23% dos internautas. Já a Pesquisa Game Pop Ibope (2012), aponta que dos 80 milhões de internautas no país, 61 milhões jogam algum tipo de jogo. Desses jogadores, 67% utilizam consoles, e 42% computadores pessoais, especialmente jogos on line.

Em fevereiro de 2014, O BNDES apresentou os resultados da pesquisa “Levantamento de informações sobre a indústria de games e políticas públicas para o setor”. Essa pesquisa originou o “I Censo da Indústria Brasileira de Jogos Digitais”, que trouxe informações sobre as empresas desenvolvedoras brasileiras.

Neste Censo, chama a atenção o baixo número de empresas que se utilizam de ferramentas e aplicativos de monetização e de serviços de propaganda. O estudo mostra que os recursos estão mais alocados na produção do jogo em si do que no marketing e nas vendas. Com isso, muitos desenvolvedores podem estar produzindo seus jogos e depois tendo dificuldades em monetizá-los ou lucrar com eles.

Então, como manter os jogadores engajados, interessadas nos jogos e, ainda, como fazer com que eles conheçam e se interessem por outros jogos da mesma companhia, aumentando seu faturamento?

Certamente, é preciso aumentar (ou melhor direcionar) o investimento em marketing e comunicação. E, como o email marketing faz parte deste mix, pode compor uma importante régua de relacionamento com os jogadores.

As comunicações por email para manter os jogadores engajados e ligados em seus jogos, pode avisá-los, por exemplo, sobre novos itens e recursos disponíveis, alertá-los sobre o progresso de outros jogadores e até mesmo incentivá-los a voltar a jogar, no caso de um certo período de inatividade.

O email marketing também pode ser um aliado na divulgação de novos jogos, pois com base no perfil de cada jogador, é possível sugerir no email diferentes jogos relacionados a seus interesses. Isso torna viável recomendar jogos de estratégia para quem já joga RPG, por exemplo.

Nesse aspecto de segmentação da comunicação, direcionando conteúdos relevantes para cada perfil de jogador, o email marketing é certeiro porque ainda fornece as métricas de interesse dos destinatários pelo email, como as aberturas, cliques etc.

A evolução do suporte a CSS e HTML dos programas de email nos permite criar templates de email marketing visualmente mais ricos, uma característica importante para a indústria de games, que é 100% gráfica. O uso de imagens em GIF animado, por exemplo, pode tornar o email muito mais interessante.

Responsive Design no Email Marketing

Não podemos deixar de citar, ainda, os jogos para celulares, que também podem explorar o email marketing como atrativo para novos e atuais jogadores. Com as técnicas do design responsivo, é possível criar um template de email marketing que, se visualizado a partir de um celular ou tablet que tenha o jogo instalado, pode conter um link que leva o destinatário direto para o jogo.

Essa técnica pode ser especialmente interessante em emails que divulgam cupons de desconto para aquisição de especiais dentro do jogo ou para alertas de ações que exigem rápida tomada de decisão por parte do jogador.

Veja que o universo do email marketing é mesmo muito abrangente e criativo, podendo trazer resultados para todo tipo de indústria do mercado, inclusive a de games. Se você atua nesse mercado e deseja melhorar o potencial de marketing de sua marca, converse conosco para saber mais sobre o que o email marketing pode fazer pelo seu negócio.

Email marketing x push notifications

Fora os jogos online, os jogos para smartphones e tablets utilizam notificações push como a principal forma de comunicação com o jogador. Apesar delas terem um call to action mais evidente, o usuário pode desabilitar o recebimento dessas notificações ou mesmo ficar irritado, dependendo do volume, frequência e horário em que elas são recebidas.

Claro que elas são muito importantes para a comunicação entre jogo e jogador, mas ao lembrar que o email é menos invasivo e mais criativo, pode-se considerar a substituição de algumas notificações pelas mensagens de email marketing, em que o remetente tem mais espaço e liberdade de criação.

Se você administra uma plataforma de games, considere “encaixar” o email marketing em suas políticas de comunicação com os jogadores, variando os pontos de contato e ampliando a divulgação de suas marcas.

Assine Nossa Newsletter


Por favor informe um endereço de email válido.

Acompanhe Nossas Publicações