Blog de Email Marketing

Mercado

O fim do Inbox do Gmail

Juliana Padron Por Juliana Padron

É o fim de mais uma era: o Google vai, oficialmente, descontinuar seu programa de email Inbox, que servia muito como laboratório dos novos recursos que viriam a ser implementados no Gmail.

O Inbox foi o webmail do Google que surgiu em 2014 com a proposta de ser um programa de email mais moderninho, com foco em inbox zero, uma metodologia de organização de emails que visa deixar a caixa de entrada sempre vazia, reduzindo o stress envolvido na tarefa de lidar com mensagens.

Coexistindo com o Gmail, o Inbox serviu como área de testes para o Google avaliar a aceitação e usabilidade de recursos que teriam a pretensão de revolucionar a forma de compor, enviar e organizar emails. Após 4 anos de trabalho nessa área, o Google transportou os principais sucessos do Inbox para o Gmail e decidiu encerrar as atividades do Inbox em março de 2019.

A decisão pelo fim da vida útil do Inbox esteve associada ao lançamento do novo Gmail em abril de 2018, que trouxe, principalmente, o Smart Compose como método ágil de redigir emails.

É importante lembrar que o Gmail, junto com o Outlook, é um dos principais programas de email do mercado – senão o webmail mais utilizado – e o Google sabe da importância que o email marketing representa para toda a indústria do marketing e comunicação.

Esperamos que o Gmail continue a trazer inovações na maneira de interagirmos com nossos emails, especialmente no tratamento dado às mensagens informativas e comerciais representadas pelo email marketing.

R.I.P. Inbox.