Blog de Email Marketing

Templates

Bloqueio de imagens no email marketing

Juliana Padron Por Juliana Padron em 28.02.2008

As empresas […] têm despertado para a idéia de que a melhora no aspecto físico da interface do usuário proporciona maiores chances de sucesso de mercado. (ROCHA, BARANAUSKAS, 2003).

Neste cenário, surgem os emails comerciais em HTML, ou os emails marketing que, aproveitando-se dos recursos da linguagem de marcação para apresentar um conteúdo diagramado de diferentes formas, proporcionam um visual agradável da mensagem a ser transmitida.

Ainda assim, há usuários que não visualizam as imagens dos emails HTML que recebem, seja por vontade própria ou motivos alheios à sua vontade. Por que?

Por que bloquear as imagens?

A maioria das imagens enviadas em emails marketing trata-se de trechos de código, visíveis no código-fonte do email, que apontam para arquivos de imagens localizados em um servidor remoto. Assim que o destinatário abre a mensagem, é feito um donwload de tais arquivos daquele servidor e as imagens são exibidas.

Porém, alguns clientes de email como Yahoo! Mail, Mozilla e outros permitem que o destinatário controle o download destas imagens ao abrir o email, permitindo ou não sua exibição imediata.

O destinatário opta por não carregar as imagens porque:

  • As imagens podem ser ofensivas;
  • Spams com imagens HTML podem conter “web beacons”, que são tags invisíveis que notificam o spammer de quando houve a abertura da mensagem e, portanto, indicam que aquele endereço de email está ativo;
  • O destinatário se interessa apenas pelo conteúdo de texto e não quer aguardar o download das imagens para visualizar a mensagem.

Fora os motivos de vontade própria do destinatário de não exibir as imagens, há também o caso de o cliente de email utilizado por ele já ser configurado, por padrão, a não exibir imagens de emails de remetentes desconhecidos (que não constem em seu catálogo endereços e/ou não tenham o SPF configurado) e o usuário simplesmente não sabe que é possível desabilitar o bloqueio ou não sabe como fazê-lo.

O perfil do usuário que lê mensagens com imagens bloqueadas

Existe um público que tem o perfil de Leitor Rápido, que passa pela identificação da mensagem (assunto e remetente) e realmente lê o email, mas quer ler o mais rápido possível, usando as manchetes, subtítulos e links que chamam para a conversão, ajudando-o a decidir se irá descartar ou armazenar a mensagem.

Existe, ainda, o Leitor Leigo, que até pode até estar interessado na mensagem recebida, mas simplesmente não sabe o que fazer quando vê o email em branco ou cheio de quadrados com os “x” de imagens não carregadas. Geralmente, ele é usuário de uma conta de email gratuita, como Gmail, Hotmail ou Yahoo, que são clientes de email que têm a exibição de imagens desabilitada por padrão. Como o Leitor Leigo não é um heavy-user de Internet e não conhece as funcionalidades de seu cliente de email, ele pode nunca saber que ali, naquela mensagem, havia uma imagem a ser visualizada.

Projetando emails marketing para o público das imagens bloqueadas

Quando planejar a mensagem, tenha as características destes públicos em mente e trabalhe os pontos importantes (títulos, subtítulos, links e versões em plain text) em conjunto para apresentar a idéia principal e levar o Leitor Rápido e o Leitor Leigo ao clickthrough.

Um design adequado para imagens bloqueadas pode aumentar bastante os resultados com estas audiências, entregando conteúdo sem o fardo de habilitar e esperar baixar as imagens para o Leitor Rápido ou, ainda, despertar sensações de falha e frustração no Leitor Leigo.

Assine Nossa Newsletter


Por favor informe um endereço de email válido.

Acompanhe Nossas Publicações