Blog de Email Marketing

Templates

Compressores de imagens para reduzir o tamanho do email marketing

Juliana Padron Por Juliana Padron em 28.09.2015

Por mais que seja altamente recomendado não fazer seu email marketing só em imagens, sempre tem aquela situação em que a única solução é de fazer uma única arte contendo tudo o que você precisa informar aos destinatários, quer seja por falta de equipe ou de tempo hábil para programar um HTML que combina imagens com textos, ou mesmo pela própria natureza da comunicação, que pede algo de forte apelo visual.

Nesses casos, é muito importante salvar as imagens da forma mais otimizada possível para que seu tamanho final (em KB) seja razoável. Não estamos falando de milagres, como reduzir um banner de 600px x 800px cheio de fotos e dégradés para 4KB, mas todo esforço na redução do tamanho do arquivo vale a pena. Imagens mais leves deixam o email marketing mais leve, fazendo com que o envio seja processado e entregue mais rapidamente.

Isso, sem falar na usabilidade do usuário. Se as pessoas geralmente esperam que um website seja carregado em até 2 segundos, que dirá uma mensagem de email. É óbvio dizer que o email marketing que é carregado mais rapidamente tem muito mais chances de obter uma conversão.

Quando os designers criam a arte de email marketing, eles usam software como Photoshop, Illustrator (o que eu prefiro) e até InDesign, que eu não recomendo usar por ser um software voltado para a editoração de materiais impressos e não ter uma funcionalidade essencial para salvar imagens com tamanho otimizado para a web, que é justamente o “Salvar para a web” presente no menu do Photoshop e do Illustrator.

Comparando três arquivos JPEG salvos no Photoshop, um com a opção “normal” de Salvar e os outros usando o “Salvar para a Web” (um a 100% e outro a 50% de qualidade), temos o seguinte:

missing-normal missing-web-100 missing-web-50
“Salvar como”
132KB
“Salvar para a web” com qualidade 100%
110KB
“Salvar para a web” com qualidade 50%
30KB

Veja que as imagens salvas com o “Salvar para a Web” ficaram num tamanho de arquivo muito menor do que a imagem salva da forma padrão.

Ao usar o “Salvar para a Web” do Photoshop ou do Illustrator, podemos pré-visualizar o tamanho que o arquivo vai ficar em cada configuração que alterarmos nesse painel: um GIF com 256 ou 128 cores, um JPEG com qualidade entre 1% e 100% etc. Porém, há apps no mercado especializados em compressão de imagem, capazes de encolher alguns Kbytes a mais que o próprio Photoshop.

Na tabela a seguir, veja um breve comparativo entre alguns dos apps de compressão mais populares. A imagem submetida às compressões foi o JPEG original, de 132KB. Os tamanhos finais das imagens em cada aplicativo têm link para visualização do resultado.

Aplicativo Tamanho final
JPEGMini (Lite) 64KB (redução de 51%)
RIOT 68KB (redução de 48%)
ImageOptim 103KB (redução de 22,1%)
Image Optimizer 128KB (redução de 3%)
Shrink O’Matic 91KB (redução de 31%)

Esses foram os resultados considerados satisfatórios, considerando que a imagem final ficasse o mais próximo possível da qualidade da imagem original.

Cada aplicativo pode gerar imagens ainda menores, chegando bem perto de 30KB, mas a qualidade vai ficando cada vez mais comprometida. Em todos os casos, o grande problema estava na parte do texto “10% de desconto”, que está aplicado sobre um fundo vermelho com textura. Apenas esse pedaço da imagem ficou comprometida nos testes de redução mais extrema, pois a foto de fundo ficou com a qualidade preservada.

Observando isso, podemos até pensar em separar essa imagem em 3 partes: a área com a foto, a faixa vermelha e a faixa preta abaixo dela. Se otimizarmos cada um desses pedaços de forma diferente, podemos chegar em uma soma total de KB inferior às otimizações da imagem inteira.

A ciência por trás das compressões de imagens é hiper complexa, e o fato de termos aplicativos gratuitos para isso é um alento ao coração. Se você já utiliza outro compressor de imagens em seu dia-a-dia e ele não está indicado neste post, compartilhe sua sugestão aqui nos comentários!

Assine Nossa Newsletter



Por favor informe um endereço de email válido.

Acompanhe Nossas Publicações