Blog de Email Marketing

Templates

MS Word e o Render Engine do MS Outlook 2010

Juliana Padron Por Juliana Padron em 24.06.2009

A Microsoft confirmou que planeja utilizar o MS Word para renderizar emails em HTML no novo Outlook 2010, assim como já acontece no Outlook 2007. Isso significa que, pelo menos durante os próximos 5 anos, ainda vamos continuar sofrendo com layouts em tabelas, com a falta de padrões de desenvolvimento e com diversos outros problemas de renderização existentes no Outlook 2007.

Quando questionada sobre esta decisão, a Microsoft informou que é um benefício para o usuário que compõe seus emails no próprio Outlook, pois ao utilizar um editor como SmartArt, ele tem a possibilidade de criar templates com estilos ricos e aparência profissional. Isso significa que a possibilidade de compor de emails em HTML – para que, aí sim, as mensagens tenham realmente uma aparência profissional – não foi prioridade.

Se a Microsoft quer tanto manter o Word como render engine do Outlook, talvez a decisão mais acertada seja melhorar este render engine para que passe a suportar web standards. Imagine você, webdesigner, em 2014, era de web 3.0 (quem sabe), desenvolvendo uma peça em HTML utilizando técnicas de 1990 e poucos. Frustrante, não?

Outlook’s broken. Let’s fix it.

Para protestar contra essa decisão, a equipe da plataforma australiana de email marketing Campaign Monitor – em conjunto com seu projeto paralelo Email Standards – criou uma campanha intitulada “Outlook’s broken. Let’s fix it.”.

O objetivo é incentivar designers e desenvolvedores de todo o mundo a protestar através do Twitter, mencionando a URL do projeto http://fixoutlook.org. Até o momento da publicação deste post, 9.100 pessoas já colaboraram e o número continua crescendo.

Proteste já!

Proteste através do Twitter replicando um post que mencione a URL http://fixoutlook.org/. Seu avatar será exibido neste website quantas vezes você “retwittar” o post. No meu Twitter, eu também já protestei!

Assine Nossa Newsletter


Por favor informe um endereço de email válido.

Acompanhe Nossas Publicações